Futebol Internacional A bola chora por Diego Armando Maradona

A bola chora por Diego Armando Maradona

-

- Advertisment -

O maior ídolo do fútbol argentino, Diego Maradona, morre aos 60 por uma parada cardiorrespiratória

A surpresa que ninguém queria

No dia 25 de novembro, Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratório, seu corpo não resistiu mais depois de uma cirurgia no cérebro apenas duas semanas atrás. 

O médico que operou ao astro do futebol, afirmou que era uma cirurgia simple, que consistiu em drenar uma pequena hemorragia no cérebro. Mas havia muita preocupação pela última aparição do craque numa partida do futebol, onde Diego estava irreconhecível e demonstrou estar muito mal de saúde.

Foi pela manhã da quarta feira, ele se encontrava numa casa em Tigre, na cidade de Buenos Aires, onde estava fazendo sua recuperação depois da cirurgia, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória que tirou com a vida de Diego Armando Maradona. Quando as ambulâncias chegaram à casa, já era tarde.

De acordo com jornalistas argentinos, muitos já sabiam a triste notícia, mas não queriam confirmar sua morte porque era difícil de acreditar, mas pela tarde a pior notícia chegou.

Maradona era Maradona em todo o mundo

Diego nasceu em uma favela chamada “Fiorito” em Buenos Aires, e passou da pobreza a riqueza e fama, para se tornar em o melhor jogador da história do futebol de todos os tempos.

Tinha uma velocidade, habilidade, visão de jogo e um talento que hipnotizava ao público. Ninguém pode esquecer aqueles jogos com a bola, aquelas partidas inesquecíveis, aquela personalidade forte e ganhadora. Os jogos de hoje não se comparam aos jogos de Maradona com a bola, ele foi único.

Diego foi famoso não só por sua facilidade com a bola, por seu desempenho dentro de campo de jogo, ou por ser campeão do mundo; também por ter uma personalidade que gerou e gera controvérsias, amor e ódio. 

O polêmico gol “a mão de Deus”, foi muito importante para o povo argentino porque a partida foi depois da Guerra das Malvinas, e a rivalidade entre Argentina e Inglaterra era muito grande. Ganhar não foi só uma partida de futebol, ganhar foi a reivindicação dum país.

Com uma vida cheia muitas contradições, de altos e baixos, de pobreza e luxos, de alegrias e tristezas, como também de excessos, de uma fama indomável e um carinho de milhões de pessoas em todo o mundo que choram a morte do craque do futebol.

O mundo está de luto

O mundo do futebol lamenta a perda do ex-jogador, com partidas suspensas na Argentina e com diferentes homenagens ao redor do mundo. 

Em Argentina, o presidente da nação, Alberto Fernández, decretou luto oficial de três dias para homenagear ao maior astro do futebol do país.

Muitos artistas, cantores, atletas, políticos famosos do mundo, mandaram suas condolências a sua família, escreveram mensagens nas redes sociais, mostraram suas fotos e sua grande admiração e carinho por o gênio futebolístico que se leva às lágrimas de muitos fãs. 

Seu país cheio de dor e tristeza, que apesar da pandemia do Coronavírus, reuniu milhões de pessoas na Casa Rosada em Buenos Aires, onde se fez o funeral público para dizer adeus a Diego Armando Maradona, o maior craque do futebol.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest news

OS FAVORITOS A FICAR COM O TÍTULO NA COPA AMERICA 2021

A crise do coronavírus, adiou a competição máxima por times de nível continental na América do Sul...

Internacional: Um conto de fadas no Brasileirão

O time gaúcho protagonizou momento de altos e baixos durante toda temporada 20/21. Como se fosse um...

A bola chora por Diego Armando Maradona

O maior ídolo do fútbol argentino, Diego Maradona, morre aos 60 por uma parada cardiorrespiratória

Como o futebol está se tornando um investimento para os torcedores?

Se você acompanha de perto os esportes, já deve ter notado o crescimento dos sites de apostas...

O que falta ao Manchester City de Guardiola para chegar a uma final de Liga dos Campeões?

A temporada 2020-21 do futebol europeu será a quinta do técnico espanhol Pep Guardiola à frente do...

Com adversário definido, a analisa novo modelo da Segunda B da Espanha e reforça discurso do acesso com Cultural Leonesa

Antes da pandemia provocada pelo coronavírus, a Segunda B da Espanha tinha 28 rodadas disputadas. Faltavam ainda...

Must read

Internacional: Um conto de fadas no Brasileirão

O time gaúcho protagonizou momento de altos...
- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you