Futebol Peres: “o Santos é a favor do futebol, não...

Peres: “o Santos é a favor do futebol, não da volta precipitada”

Presidente santista pondera preocupação com todos os setores do clube e defende a volta do time apenas quando houver certeza de segurança

-

- Advertisment -

Alguns clubes brasileiros estão fazendo pressão aos órgãos governamentais para um eventual retorno forçado dos campeonatos, alegando preocupação com a saúde financeira, muito embora as contaminações e mortes pelo novo coronavírus no país estejam em aumento gradual. Não é o caso de nenhum dos quatro grandes de São Paulo, todos vêm optando por manter a integridade física dos funcionários dos clubes. O Santos considera a importância financeira do Campeonato Paulista, mas vê como imprudente a aceleração para a volta da competição nesse momento.

Em entrevista concedida ao programa Os Canalhas, comandado pelos jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, o presidente do Santos, José Carlos Peres, declarou que o clube só deve voltar a campo quando a segurança para todas as partes for decretada.

O Santos é a favor do futebol e não da volta precipitada. Nós temos que pensar nos funcionários, nos jogadores, nos fornecedores, e tudo aquilo que rodeia um jogo de futebol, que é juiz, árbitro e etc. Tem centenas de pessoas que trabalham num jogo e que não aparecem, a televisão não mostra, obviamente”, diz Peres.

Eu defendo a tese de que o Santos só vai voltar quando o Santos tiver 100% da certeza e amparado pelas autoridades sanitárias e pelo governo do estado, que é a autoridade máxima de cada estado”, completou o dirigente do Peixe.

O presidente santista ainda declarou ter recebido uma carta de orientações da CBF, entidade máxima do futebol brasileiro, com alguns protocolos para um retorno cauteloso das atividades futebolísticas no Brasil.

Foi feita uma carta agora da CBF, também recebemos, dizendo que não se opõe a voltar desde que se cumpra alguns protocolos. São cinco ou seis protocolos, se um falhar, cai em cima do presidente. O futebol tem essa coisa, quem paga a conta é o presidente […]” comentou Peres, que ainda falou sobre o Campeonato Paulista, observando sua importância sobretudo financeira: “É uma competição pra nós muito valiosa em todos os sentidos, e também financeira, porque ela paga mais do que, se bobear, a primeira fase da Libertadores”.

Mohamed Nassif
Jornalista formado em 2016 pela FIAM-FAAM. Teve passagens pela TV Bandeirantes e pelo portal Torcedores.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest news

Como o futebol está se tornando um investimento para os torcedores?

Se você acompanha de perto os esportes, já deve ter notado o crescimento dos sites de apostas...

O que falta ao Manchester City de Guardiola para chegar a uma final de Liga dos Campeões?

A temporada 2020-21 do futebol europeu será a quinta do técnico espanhol Pep Guardiola à frente do...

Com adversário definido, a analisa novo modelo da Segunda B da Espanha e reforça discurso do acesso com Cultural Leonesa

Antes da pandemia provocada pelo coronavírus, a Segunda B da Espanha tinha 28 rodadas disputadas. Faltavam ainda...

Quem é Riquelmo, a “nova” aposta do Cruzeiro?

O time principal do Cruzeiro ganhou um reforço vindo das categorias de base. Nos próximos dias, o...

Carrasco do Fluminense, Saulo Mineiro, do Volta Redonda, revela que já desistiu do futebol e trabalhou de servente

O atacante Saulo Mineiro foi o protagonista da vitória do Volta Redonda por 3 a 0 sobre...

Ex-Flamengo, Wesley Gasolina comemora título na Juventus: “O primeiro de muitos”

O lateral-direito Wesley Gasolina comemorou seu primeiro título com a camisa da Juventus no último sábado (27)....

Must read

- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you