Futebol Internacional Agente de Ozil pede que estrelas da Premier League...

Agente de Ozil pede que estrelas da Premier League rejeitem corte de salário em meio à crise de coronavírus

-

- Advertisment -

Erjut Sogun, agende do jogador alemão Mesut Ozil, deu uma declaração polêmica neste início de semana. Ele disse que os jogadores principais da Premier League devem recusar o corte de 30% nos salários proposto pelos clubes da Liga em decorrência da crise provocada pelo coronavírus.

Ela ainda acredita que os agentes devem sim se envolver nas negociações. As falas agradaram alguns, mas também acabou soando ruim para muitos.

Hoje estão em andamento discussões com o intuito de resolver como será a ajuda dos jogadores da elite em meio a essa crise. Muitos propuseram o corte de salários.

Na Turquia, estátua de Alex é protegida do novo coronavírus!

Adiamento de salário

Sogut é o responsável pela negociação do contrato de 350 mil libras por semana de Ozil com o Arsenal. Ele acredita que o adiamento de pagamentos pode ser um caminho melhor a seguir.

Não será fácil para ninguém, mas esta será a hora dos clubes conversarem diretamente com os jogadores e seus representantes.

“É isso que nos falta no momento. Acredito que a única coisa que pode ser feita é um adiamento. Mas isso é um começo, por exemplo, podemos adiar esses pagamentos para o final do ano ou até mesmo para 2021”.

“Jogadores e clubes podem concordar rapidamente com essa questão, pois assim os clubes saberão que não terão problemas de caixa nos próximos meses da crise. Essa é uma proteção para todos”.

Agentes devem ser informados

Muitos clubes estão optando por falarem apenas com os jogadores. Para Sogun, o ideal é que os agentes também sejam consultados. Assim ambos podem pensar juntos para obter uma solução o mais rápido possível.

“As negociações estão em andamento, mas nós os agentes estamos ficando de fora. Porém o que quer que seja definido, terá que passar por nós, então precisamos ser justos, transparentes e honestos”.

Ele termina seu pensamento dizendo que não concordaria com um corte de salário hoje porque não sabe se amanhã a liga será disputada e se os investimentos da TV e patrocínio serão investidos no clube neste meio tempo, prejudicando os jogadores.

“O real impacto financeiro dos clubes só será possível avaliar nos próximos três a seis meses. Antes disso não é possível saber exatamente o prejuízo.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest news

Pesquisa: 68% dos jogadores querem o retorno do futebol no Brasil

Mais da metade dos jogadores e jogadoras de futebol do Brasil querem o retorno dos campeonatos, interrompidos há...

Temporadas 2019/2020 da Super Liga Feminina e do Campeonato Feminino foram encerradas imediatamente

Após um feedback esmagador dos clubes, tanto a temporada 2019/20 do Campeonato Feminino, como a Super Liga...

Peres: “o Santos é a favor do futebol, não da volta precipitada”

Alguns clubes brasileiros estão fazendo pressão aos órgãos governamentais para um eventual retorno forçado dos campeonatos, alegando preocupação com...

Você sabia? Nelson Teich já foi goleiro campeão brasileiro

Ministro da Saúde de Bolsonaro entre 16 de abril e 15 de maio, Nelson Teich ganhou notoriedade...

Flamengo tem retrospecto negativo contra 5 times da Série A; veja quais

Atual campeão brasileiro, o Flamengo é um dos clubes com melhor retrospecto no histórico do confronto contra...

Diego Rosa é o novo reforço da Portuguesa

A Portuguesa segue se reforçando em meio à parada do Campeonato Paulista Série A2 pela pandemia do novo...

Must read

- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you