Bangu não deve abrir mão do mando de campo para estreia de Ganso

Paulo Henrique Ganso já está regularizado e deve vestir a camisa do Flu a primeira vez contra o Bangu. A partida, válida pela primeira rodada da Taça Rio, será realizada no Estádio Moça Bonita no dia 22 de fevereiro. Já apresentação para a torcida do Fluminense deve ser apenas em 1º de março contra o Resende. Apesar disso, a diretoria tricolor quer adiantar a festa de apresentação.

Por não ser detentor do mando de campo, o Fluminense não pode sugerir a alteração junto à Federação. No entanto, o clube estuda conversar com o Bangu para que a solicitação seja feita e a estreia de Ganso no Maracanã seja antecipada. O Bangu, por outro lado, diz que “não vai abrir mão do mando de campo”. Com isso, a partida ainda seria realizada no Moça Bonita.

Regularização no BID

Jogador foi registrado no BID nesta quinta-feira. (Foto: Reprodução/CBF)

Paulo Henrique Ganso já pode estrear pelo Fluminense. O jogador foi registrado no Boletim Informativo Diário (BID) nesta quinta-feira (7) e já está apto a jogar pelo tricolor. Assim, Ganso pode fazer ser escalado para o primeiro confronto da Taça Rio. A partida será contra o Bangu, no dia 22.

Apesar de já estar treinando com os jogadores do Fluminense, Ganso não foi inscrito a tempo e, portanto, não vai poder participar da decisão contra o Flamengo. O mesmo acontece na estreia da equipe na Sul-Americana, contra o Antofogasta-CHI.

Estreia de Ganso aos olhos de Diniz

Fernando Diniz em ação pelo Fluminense

Fernando Diniz cfalou sobre ganso após estreia na Copa do Brasil. (Foto: Lucas Merçon | Fluminense)

Logo após a vitória do Fluminense pela Copa do Brasil, Fernando Diniz diz não ter pressa para a estreia do camisa.

“É precoce pra dizer em quanto tempo vai estar disponível. Não tem pressa para a estreia dele. Ele tem que estrear em boas condições para poder jogar um bom futebol”, disse o treinador.

Durante a apresentação no Maracanã, o atleta também falou de quanto tempo precisaria para poder estrear.

“Dez dias já é suficiente. É mais treinar com o grupo mesmo, se entrosar com os companheiros. Você vai fazendo um treinamento com bola e ganha ritmo e tira de letra isso”.

Em seguida o atleta também revelou que está ansioso para jogar no Maracanã. No entanto, feito só deve acontecer na partida contra o Resende, válida pela segunda rodada da Taça Rio.

“Estou ansioso demais para ter esse primeiro contato, no Maracanã, jogando, atuando. Espero que seja o mais rápido possível”.

Ex-técnico de Ganso afirma: “ninguém esquece de jogar bola”