Vítima de incêndio no Ninho do Urubu se recupera de lesões

Paulo Chagas

, Flamengo

O garoto Jonatha Cruz Vieira, de 15 anos, segue se recuperando das queimaduras que teve incêndio, no Ninho do Urubu. 10 pessoas morreram na tragédia no CT do Flamengo, na última sexta-feira (09). Jonatha é um dos três sobreviventes do acidente. A vítima está internada no Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Jonatha é o sobrevivente que vive situação mais complicada. A promessa da base do Flamengo teve 35% do corpo queimado no incêndio no CT Ninho do Urubu. De acordo com as autoridades, o jogador se recupera bem do grave acidente. Com isso, os sedativos foram retirados de Jonatha, que já está acordado.

Enfermeira explica procedimento

Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz

Jonatha Cruz Ventura segue internado no Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz (Foto: Reprodução | Prefeitura do Rio de Janeiro)

Em entrevista ao repórter Renan Moura, da Rádio Globo, uma enfermeira do hospital, que não quis se identificar, explicou o método utilizado para reduzir o impacto das queimaduras no corpo de Jonatha. Chamado de desbridamento, a técnica é utilizada na remoção de tecido morto em casos de queimaduras e infecções.

De acordo com a enfermeira, a função do desbridamento é reduzir as chances de uma possível infecção na pele do paciente. A profissional afirmou que a retirada do tecido necrosado do corpo de Jonatha ajuda também na oxigenação do tecido que ainda resiste. Além disso, o processo ajuda à pele a recuperar nutrientes.

“É uma técnica muito simples. Um método terapêutico, onde ocorre a remoção de um tecido necrosado. O objetivo é manter a oxigenação com os nutrientes necessários para que o tecido se revitalize. É uma limpeza. Assim que são passados os produtos de limpeza, nós usamos um estilete para fazer riscos nos locais, para fazer a oxigenação do sangue, levando os nutrientes necessários. Logo depois, fazemos a bandagem para que ele não sofra com bactérias”, disse a enfermeira.

Além da recuperação da pele, Jonatha também vem conseguindo reaver o funcionamento do sistema respiratório. Por conta da fumaça, o jovem de 15 anos teve que se manter com aparelhos. Ainda não se sabe quando a vítima receberá alta do hospital.

Sobrevivente de incêndio no Ninho do Urubu recebe alta