Tarde demais: Brasil conquista primeira vitória no Sub-20, mas está fora do Mundial

O Brasil venceu a Argentina por 1 a 0 neste domingo pelo Sul-Americano sub-20. O resultado, no entanto, não foi o suficiente para levar a seleção para o Mundial da Polônia. Essa é a segunda vez consecutiva que o Brasil não consegue a vaga para a competição.

A Seleção Brasileira se despediu da competição com apenas uma vitória em cinco jogos. Somou apenas cinco pontos dos 15 disputados. O desempenho deixou o brasil na 5ª posição do Hexagonal, empatado em pontos com a Colômbia, que garantiu a classificação no saldo de gols.

Durante o Sul-Americano, o Brasil marcou apenas três gols, sendo dois na derrota de 3 a 2 contra o Uruguai e um neste domingo. Contra os Argentinos o gol foi marcado de pênalti por Lincoln, jogador da base do Flamengo.

O desempenho do Brasil no Sul-Americano deste ano foi ainda inferior ao do último. Em 2017, no Sul-Americano do Equador, a seleção conseguiu somar 6 pontos. Naquela ocasião, o Brasil fez o dobro de gols: balançou a rede seis vezes.

Equador campeão da arquibancada

Com a vitória do Brasil o Equador foi campeão do Sul-Americano Sub-20. (Foto: Reprodução | Twitter Conmebol)

Enquanto o Brasil estava em campo contra a vice-líder da competição, o Equador, líder com 10 pontos, torcia na arquibancada. Os equatorianos precisavam torcer pela vitória da equipe brasileira se não quisessem ver a argentina campeã. E conseguiram.

Poucas horas antes eles haviam enfrentado e vencido a Venezuela por 3 a 0. Após cumprir o papel deles, restava torcer para uma vitória improvável  ou empate do Brasil. Com o resultado, o Equador conquistou o primeiro título do Sul-Americano Sub20.

Por outro lado, os colombianos também vibraram com o resultado da partida. Na ocasião, a torcida deles era para a Argentina não tomar muitos gols. Mesmo com a vitória o Brasil ainda precisaria fazer mais dois gols para tirar a vaga da Colômbia do Mundial. Além do Equador, Argentina e Colômbia o Uruguai também garantiu a vaga para a competição.

Retrospecto negativo

Brasil tem apenas 38% de aproveitamento desde 2013. (Foto: Lucas Figueiredo | CBF)

“Berço do futebol” e “país do futebol” são termos que podem ser deixados de lado quando trata-se da Seleção Sub20. Na história recente os brasileiros vivem de lampejos como o de 2011, onde conquistaram o Sul-Americano e em 2015, quando chegaram até a final do Mundial e perderam para a Sérvia.

A péssima atuação no Sul-Americano do Chile, entretanto, não chega a ser uma novidade. Afinal, nas últimas quatro competições o aproveitamento da Seleção Brasileira é de 38%. Foram 31 jogos disputados, 12 vitórias, 9 empates e 10 derrotas. Em 2013 a equipe não passou sequer da fase de grupos.

Certamente o mau desempenho da seleção não se encaixa com a teórica qualidade técnica que os jogadores carregam. Acima de tudo porque em todos os últimos Sul-Americanos a equipe contava na equipe com jogadores que já atuam em grandes clubes da Série A do Campeonato Brasileiro. Além disso, alguns vestiram a camisa do Brasil já jogando em gigantes da Europa, como Barcelona-ESP, Atlético de Madrid-ESP e Juventus-ITA.

Copa do Mundo, fracasso, piada mundial e Neymar: Retrospectiva da Seleção Brasileira em 2018