Quem são os culpados pela tragédia no CT do Flamengo?

Já se passaram mais de 72 horas da tragédia no CT do Flamengo. Quem vai pagar pela morte dos dez meninos?

Ninguém, até o momento, foi preso. O Flamengo teve culpa? Sim, sem dúvida nenhuma. Vídeos, fotos e depoimentos apontam negligência por parte do clube. Quem vai pagar? O tempo dirá.

Quem são os verdadeiros culpados e responsáveis direto pelas mortes? É fácil responder: governador, prefeito, subprefeito, fiscais, técnicos, bombeiros, polícia, além de dirigentes do Flamengo, Federação e CBF.

Todos aqueles com atitudes irresponsáveis contribuíram para que a tragédia acontecesse no Rio de Janeiro.

Até quem fabricou o container e quem, conscientemente, fez a instalação do ar condicionado é cúmplice neste crime. Mas e aí? Eu não ficaria surpreso se o culpado for um dos monitores ou seguranças, que seguindo ordens, estavam em lugares estratégicos dentro do clube sem saber, obviamente, a dimensão do incêndio.

Da forma como que tratam essas tragédias no Brasil, a culpa poderia ser minha também. Pai irresponsável que sou, nunca verifiquei se os lugares em que meu filho frequenta possuem alvarás ou certificados. Aliás, nunca procurei saber o prazo de validade do extintor de incêndio usado na escola dele.

Enquanto escrevo, neste momento uma reportagem na TV faz a reconstituição da agonia das crianças durante o incêndio. Aliás, a cada nova tragédia, aprendemos como funcionam às caixas de disjuntores, as tomadas, os fios e os interruptores.

E daí? Daí a culpa sempre será do segurança, do motorista, do estagiário e, principalmente, do responsável pelo lugar que pegou fogo.

No Brasil, a culpa nunca será de quem deveria fiscalizar previamente o maldito CT do Flamengo.

E sigo falando…

Se o Centro de Treinamentos do Flamengo existe, está aberto e fazendo peneiras, subentende-se que o local está liberado para receber atletas. Com autorização dos pais sim, mas também com extintores, com saídas de emergência, com alvará, com registros, com sinalização correta, com tudo conforme manda a lei.

Uma tragédia como a que ocorreu na última semana não acontece devido a um único fator ainda que o ar condicionado tenha sido determinante para a catástrofe. São vários elementos para que algo daquela dimensão aconteça.

O que mais entristece é que poderia, sem dúvida, ser evitado. Crianças mal distribuídas pelos cômodos, forro altamente inflamável e tóxico, falta de sinalização e saídas de emergência. Não sou especialista em risco, mas poderia listar nem sei mais quantas medidas preventivas. O descaso com as crianças é que levou a essas consequências.

Portanto, se o poder público vistoriou e não fechou, tudo deve ser levado às últimas consequências, pois são inúmeros centros de treinamentos espalhados pelo Brasil que repetem o “padrão Fifa” de qualidade.

Então, se não desejamos que isso termine impunemente, é preciso que se faça forte pressão sobre as autoridades não só pelas investigações e punições pela tragédia no CT do Flamengo, mas principalmente pelo cumprimento de normas daqui em diante. Todas elas. Sem puxadinho.

CURTINHAS:

Torcedores do Flamengo no Maracanã

Torcidas organizadas prestaram homenagem às vitimas do CT do Flamengo (Foto: Divulgação | Consórcio Maracanã S/A)

PARA SEMPRE: Justa homenagem, na manhã do ultimo domingo (10), das torcidas organizadas do Flamengo aos eternos guerreiros no Maracanã. Gol de placa da rapaziada da Fla Manguaça, Império Rubro-Negro, Nação Rubro-Negra nº 12, Raça Rubro-Negra, Torcida Jovem Fla e Urubuzada.

DESNECESSÁRIO: Reinaldo Belotti, CEO do Flamengo, disse que o incêndio foi acidental. Ele, no entanto, esqueceu de dizer que o clube é culpado de colocar os meninos em uma ratoeira. Este é o crime. Não o incêndio!

SILÊNCIO: Porque a gestão anterior, que finalizou as obras do CT George Helal, está calada? Foram anos de mentiras, resultados vergonhosos, milhões jogados no lixo, patrocínios nebulosos e estádio que nunca saiu do papel. O que os ratos fizeram no Ninho do Urubu?

CARA À TAPA: Alexandre Wrobel, ex-vice-presidente de patrimônio de Eduardo Bandeira de Mello e Patrícia Amorim, não merecia essa mancha no legado do CT George Helal. Mas qual foi o real motivo para o atraso da mudança dos atletas do container para o módulo definitivo? Vale lembrar que às obras serviram de palanque para a antiga gestão.

GAROTO DO NINHO: Lucas Paquetá fez seu primeiro gol pelo Milan na vitória sobre o Cagliari pelo Campeonato Italiano. Ele comemorou apontando para o céu em homenagem às vitimas da tragédia.

Lucas Paquetá em ação pelo Milan

Lucas Paquetá homenageou os Garotos do Ninho em jogo do Milan (Foto: Divulgação | Milan)

Tragédia, sincericídio e fake news: os imbecis querem dominar o esporte