Marquinhos lamenta tragédia no Ninho do Urubu

O PSG tem pela frente o grande jogo da temporada. A equipe francesa enfrenta o Manchester United, pelo primeiro jogo das oitavas da final da Liga do Campeões da Europa, nesta terça (12). Mesmo que tenha um difícil confronto pela frente, o zagueiro Marquinhos voltou às atenções para o grave incêndio que matou 10 pessoas no Ninho do Urubu, na última sexta (08).

Em coletiva de imprensa, o zagueiro brasileiro Marquinhos comentou a tragédia do Ninho do Urubu. Cria das categorias de base do Corinthians, o defensor saiu ainda jovem do Brasil. Mas, ainda assim, sabe da realidade do futebol de base brasileiro. Marquinhos lamentou as mortes dos jovens rubro-negros e desejou força às famílias das vítimas

“Acho que todos no mundo do futebol acordamos muito triste com essa notícia. Como aqueles garotos, nós passamos por momentos como esse, alguns anos atrás. Em que a gente sonhava em ser jogador de futebol, ajudar a nossa família, fazendo o que a gente ama. Eram momentos de alegria e de tristeza, também. Ficar longe da família, mas sem saber se iríamos conseguir. E foram sonhos que foram interrompidos. Então, a gente manda forças para todos os que perderam pessoas importantes na família”, disse Marquinhos.

Vítima recebeu alta nesta segunda (11)

CT Ninho do Urubu após incêndio

10 pessoas morreram e outras três ficaram feridas no incêndio do Ninho do Urubu (Foto: Reprodução | Twitter)

O Centro de Treinamento George Helal, o Ninho do Urubu, sofreu um incêndio por volta das 5h, horário de Brasília, na última sexta (08). De acordo com testemunhas um dos ares-condicionados do alojamento das categorias de base pegou fogo, consumindo todos os quartos. 10 pessoas morreram e outras três ficaram feridas.

Dos três sobreviventes, apenas Cauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, recebeu alta. Francisco Dyogo Bento Alves e Jonatha Cruz Vieira seguem internados no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, e no Hospital Muncipal Pedro II, em Santa Cruz, respectivamente. Os dois seguem tratando problemas respiratórios.

Sobrevivente de incêndio no Ninho do Urubu recebe alta