Vítimas de incêndio seguem internadas no Rio

Paulo Chagas

, Flamengo

Os garotos Cauan Emanuel, de 15 anos, e Francisco Diogo, de 14, seguem internados no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Os dois são alguns dos sobreviventes do incêndio que matou 10 pessoas, no Ninho Do Urubu, na última sexta-feira (08). As vítimas foram transferidas para a unidade médica, ainda ontem. O estado de saúde dos dois é estável. Além disso, Francisco deve receber alta ainda neste fim de semana.

Enquanto os dois meninos seguem em estado estável no CTI do Hospital Vitória, a situação de Jhonata Ventura é bem mais complicada. O garoto de 14 anos teve queimaduras em 35% do corpo. Assim, Jhonata foi transferido do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. O jogador foi para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, pois o local é especializado em queimaduras.

Jhonata, jogador da base do Flamengo

Jonatha Ventura segue internado em estado grave em hospital da Zona Oeste (Foto: Reprodução | Acervo Pessoal)

De acordo com o Flamengo, o garoto da base está em estado grave. Ainda segundo a assessoria de imprensa do clube, a equipe médica do clube está acompanhando as três vítimas sobreviventes tanto no Hospital Vitória, quanto no Hospital Pedro II.

Confira a nota oficial do Rubro-Negro:

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que os atletas Cauan Emanuel e Francisco Dyogo seguem em situação estável no Hospital Vitória. Os meninos passaram a noite desta sexta-feira (8) sem complicações e se alimentam normalmente por via oral. Os dois atletas permanecem em tratamento no CTI, recebendo antibióticos venosos e suporte por máscara de oxigênio. O chefe do Departamento Médico do Flamengo, Dr. Márcio Tannure, e o clínico cardiologista do Vitória, responsável pela internação dos atletas, Dr. Fernando Bassan, acompanham a evolução do quadro”, disse o Flamengo.

“O atleta Jhonata Ventura segue internado no hospital municipal Pedro II, em estado grave. Ele passou as últimas 24 horas sem intercorrências e alterações laboratoriais significativas. Jhonata está estável hemodinamicamente e sedado, com melhora dos parâmentros respiratórios, e permanece no CTI. Os médicos do Flamengo, Drs. Luiz Baldi e Gustavo Dutra, acompanham a situação de Jhonata, que está sob os cuidados da equipe especializada do Centro de Tratamentos de Queimados”, concluiu o clube.

Tragédia, sincericídio e fake news: os imbecis querem dominar o esporte