Clubes lamentam tragédia no Ninho do Urubu

Paulo Chagas

, Flamengo

Após o incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, clubes do Brasil e do exterior lamentaram a tragédia. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 10 pessoas morreram e três ficaram feridas no início da manhã desta sexta-feira (08). Os sobreviventes foram levados ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Tweet do perfil do Fluminense

Fluminense manifestou solidariedade ao Flamengo nas redes sociais (Foto: Reprodução | Twitter)

Adversário do Flamengo na semifinal da Taça Guanabara, o Fluminense foi um dos primeiros a comentar sobre o acidente. O Tricolor lamentou o ocorrido e afirmou se solidarizar com o rival, após a tragédia. Outros rivais do Rubro-Negro também mandaram mensagens de solidariedade pelas redes sociais.

O Vasco também lamentou as mortes no incêndio do Ninho do Urubu. Em post no Twitter, o Gigante da Colina se pôs à disposição do Flamengo para ajudar no que for necessário. O Botafogo também manifestou solidariedade via redes sociais. O Glorioso desejou força aos familiares, amigos e torcedores rubro-negros.

Clubes de fora do Rio de Janeiro e do exterior também manifestaram apoio ao Flamengo. Os rivais Palmeiras e Corinthians desejaram força ao Rubro-Negro. Equipes da Série A como Bahia, Grêmio, Internacional e Athletico-PR também comentaram o acidente. Além disso, os franceses Monaco e Olympique de Marseille mandaram mensagens em solidariedade à equipe carioca.

Incêndio foi provocado por ar-condicionado

O incêndio começou no início da manhã de hoje em um dos quartos do alojamento das categorias de base do Flamengo, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. De acordo com testemunhas o fogo partiu de um ar-condicionado e se alastrou por todo o local. 10 pessoas morreram e três ficaram feridas.

De acordo com as autoridades, Kauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, Francisco Diogo Bento Alves, de 15, e Jhonatan Cruz Vieira, da mesma idade, forma levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Jhonatan é quem vive situação mais crítica. Com 40% do corpo queimado, o jovem deve ser transferido para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, especializado em queimaduras. Francisco está no CTI, mas o estado de saúde dele é estável. Já Kauan está lúcido e não corre riscos. Por conta do acidente, a semifinal da Taça Guanabara, entre Flamengo e Fluminense, foi adiada. Além disso, o treino da equipe principal, nesta sexta-feira (08), também foi cancelado.

Incêndio, morte e feridos. Parte do CT do Flamengo é destruído. Saiba mais!