Bombeiros confirmam a morte de quatro vítimas do incêndio

Paulo Chagas

, Flamengo

O Corpo de Bombeiros confirmou as mortes de Christian Esmerio Cândido, de 15 anos, e Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, de 14. Os dois estavam no alojamento do Ninho do Urubu, no momento do incêndio, que matou 10 pessoas, na manhã desta sexta (08).

Christian era goleiro titular do Sub-15 do Flamengo. Um dos jogadores mais promissores das categorias de base rubro-negras, o garoto tinha passagens pela Seleção Brasileira Sub-15. Na última temporada, o arqueiro foi campeão da Nike Premier Cup, um dos torneios mais tradicionais das categorias de base.

Arthur Vinícius, de 14 anos, iria fazer aniversário no próximo sábado (09). Nascido em Volta Redonda, o garoto ficava no alojamento do Flamengo durante o período de treinos, mas sempre voltava para a casa da mãe e da tia, no bairro Volta Grande II.  De acordo com a TV Rio Sul, a família do jogador já está a caminho do Rio de Janeiro.

Outras duas mortes foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros nas últimas horas: Vitor Isaías e Pablo Henrique da Silva Matos, os dois de 14 anos. Vitor Isaías era cria das categorias de base do Figueirense e foi trazido ao Flamengo pelo ex-jogador Sávio. Já Pablo Henrique era primo do zagueiro Werley, atualmente no Vasco.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, outras seis mortes estão confirmadas. Entretanto, a corporação está buscando contato com as famílias das vítimas, para, logo depois, confirmar as identidades delas à imprensa. Uma lista com alguns nomes circulou pelas redes sociais, mas não há nada confirmado.

Feridos seguem em hospitais da Zona Oeste

Além dos 10 mortos, outros três feridos foram encaminhados a hospitais da Zona Oeste do Rio. De acordo com as autoridades, Kauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, já está lúcido e se recupera rápido das lesões causadas pelo fogo.

Já Francisco Diogo Bento Alves e Jhonatan Cruz Vieira, os dois de 15 anos, vivem situação um pouco mais séria. Francisco foi encaminhado ao CTI do Hospital Estadual Lourenço Jorge. Apesar de estar no centro de terapia intensiva, o jovem está em estado estável. Já Jhonatan foi encaminhado ao Hospital Pedro II, em Santa Cruz, especializado em queimaduras. O jogador de 15 anos teve 40% do corpo queimado.

Bolsonaro, entidades oficiais e jogadores lamentam tragédia no CT do Flamengo