No sufoco Vasco avança na Copa do Brasil

Joel Silva

, Destaque, Vasco

Contrariando o favoritismo e o histórico, o Vasco quase foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. O empate em 2 a 2 com o Juazeirense saiu aos 43 minutos do segundo tempo, após um pênalti mal marcado, convertido por Maxi López. Na segunda fase o time carioca espera o vencedor de Serra-ES e Remo-PA, que jogam na próxima quarta-feira (13).

O Cruzmaltino abriu o placar aos 12 minutos com Yan Sasse. O meia recebeu assistência de Maxi López e marcou o seu primeiro gol com a camisa vascaína. Já na segunda etapa, o Vasco voltou sonolento e sofreu o empate. Gustavo Baloteli fez boa jogada e bateu no canto. Após o gol houve uma queda de energia no estádio Adauto Moraes, o que paralisou a partida em 26 minutos.

Com o reinício do jogo, o Juazeirense foi para cima e conseguiu a virada. Leandro Castan fez pênalti em Gustavo Baloteli e Nino Guerreiro converteu. O Vasco foi para o abafa e conseguiu um pênalti bastante polêmico. Marrony driblou o marcador e se jogou dentro da área. Rafael Traci marcou o pênalti e Maxi López deu números finais para o confronto.

O técnico Alberto Valentim atribuiu a péssima atuação ao gramado ruim. Entretanto ressaltou que o importante foi a classificação.

“O campo não ajudou. A gente queria vencer. No primeiro tempo tivemos boas chances para fazer mais gols. Não conseguimos. Não era o que queríamos, mas o importante era passar. Se antes do jogo fizesse um pedido, era passar de fase”.

O Vasco volta a campo no próximo domingo (10), contra o Resende, no Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara. O Cruzmaltino tem a vantagem do empate para se classificar.

Maxi López fez o gol da classificação, salvando o Vasco de um vexame histórico. (Foto: Rafael Ribeiro | Vasco)

Ficha do jogo

Data: 06/02/2019 (quarta-feira), às 21h30 (Brasília)

Local: Adauto Moraes – Juazeiro-BA

Árbitro: Rafael Traci – PR

Auxiliares: Ivan Carlos Bohn – PR e Jefferson Cleiton Piva da Silva – PR

Público pagante: 3.682 
Público presente:
3.915
Renda:
R$ 320.700,00

Vasco: Fernando Miguel; Raul Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro, Andrey (Ribamar), Yan Sasse (Yago Pikachu), Bruno César (Thiago Galhardo) e Marrony; Maxi López . Técnico: Alberto Valentim.

Juazeirense: Douglas, Ewerton (Maicon), Emilio, Emerson e Wallace; Waguinho, Patrick e Rogerinho (Katê); Hugo (Jacó), Nino Guerreiro e Gustavo Baloteli. Técnico: Aroldo Moreira.

Gols: Yan Sasse (12″ do 1º tempo), Gustavo Baloteli (5″ do 2º tempo), Nino Guerreiro (32″ do 2º tempo) e Maxi López (45″ do 2º tempo).