Com problemas judiciais, ex-patrocinador do Fla sofre para quitar dívidas

Ex-patrocinador do Flamengo, a Carabao vive uma grave situação financeira. Logo depois de rescindir o contrato com o Mais Querido, com mais de R$ 5 milhões em dívidas, a empresa de foi processada na justiça por falta de pagamento. De acordo com a revista Veja, uma das distribuidoras da empresa de bebida processou o ex-patrocinador do Flamengo.

Ainda de acordo com a revista Veja, a Ferreira Internacional, antiga distribuidora da Carabao, acionou a empresa de bebidas na justiça por conta de uma dívida milionária. Na ação, a Ferreira Internacional afirma que a companhia tailandesa deve pouco mais de R$ 6 milhões. Mas, apesar disso, suspeita-se que tanto Ferreira Internacional, quanto Flamengo, fiquem sem receber o que é de direito.

Empresa tem dívida milionária com o Flamengo

Dirigentes anunciam pareceria entre Flamengo e Carabao

O ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, foi o articulador da parceira da Carabao com o clube (Foto: Divulgação | Flamengo)

A parceria entre Flamengo e Carabao iniciou em janeiro de 2017. Dispostos a se fundamentar no mercado nacional, a empresa tailandesa decidiu patrocinar o Mais Querido. O contrato entre as duas partes iria até 2022, e o clube tinha a expectativa de investimento de mais de R$ 190 milhões. Entretanto, as coisas não foram tão simples assim.

A Carabao enfrentou sérios problemas de distribuição nos dois anos em que esteve no Brasil. Por conta das dificuldades para levar a bebida aos clientes, as vendas ficaram abaixo das expectativas. Os resultados ruins geraram problemas financeiros na filial brasileira. Assim, a matriz tailandesa decidiu descontinuar a indústria no Brasil e, por tabela, o patrocínio do Flamengo.

A instabilidade da Carabao no Brasil também afetou o pagamento do patrocínio ao Flamengo. Dos R$ 190 milhões previstos nos cinco anos de contrato, apenas R$ 19 milhões foram pagos ao Mais Querido. Além disso, a empresa tailandesa deixou uma dívida de R$ 5 milhões de reais na Gávea.

Enquanto nada é acertado, o Flamengo segue buscando um patrocínio máster para a camisa. Até o momento, o Rubro-Negro conta a construtora MRV acima do número, na parte de trás do uniforme. Além disso, a empresa Multimarcas Consórcios acertou com o Mais Querido no fim de janeiro e vai estampar a sua logo abaixo da numeração.

Lateral se aproxima de acerto com o Flamengo