Fora dos planos, ex-Flamengo recusa ofertas e incomoda o Porto. Saiba mais!

O lateral-esquerdo Jorge se transformou em um problema para o Porto. Sem jogar neste início de temporada, o atleta disse não a algumas ofertas de clubes europeus e irritou aos dirigentes portugueses.

No fim do ano passado, Jorge rejeitou ofertas do Besiktas, da Turquia e do Zenith, da Rússia. Recentemente, o jogador foi procurado pelo Amiens, mas não se mostrou interessado na transferência para o antepenúltimo colocado do Campeonato Francês. Ele anunciou ao Porto que não deseja retornar para a França por empréstimo. Com isso, o clube aceitou a decisão do atleta.

No início de janeiro, o Atlético-MG fez uma proposta, mas a transferência não foi adiante. A alegação dada pelo clube mineiro é de que o jogador não chegou a um acordo financeiro.

O Porto gostaria de envolver Jorge em alguma negociação. Na última segunda-feira (28), o jogador foi chamado para uma reunião com dirigentes e integrantes da comissão técnica. No encontro, ele recebeu o aviso de que está fora dos planos do técnico Sérgio Conceição. O Esporte 24 Horas apurou que o treinador portista não tem a convicção de que o jogador está preparado para defender a equipe principal.

A permanência de Jorge foi um duro golpe para as finanças do Porto. O clube contava com a saída do lateral para aliviar a folha salarial. Com a contratação de William Manafá, ex-Portimonense, o espaço ficou reduzido para Jorge, que também foi procurado pelo Flamengo. No entanto, o empresário Eduardo Uran, disse ao site Torcedores o jogador vai cumprir seu contrato com o Porto.

“Jorge não voltará (ao Flamengo) agora. Ele permanece no Porto.”

Jorge não vive bom momento no Europa

Jorge em ação pelo Mônaco

No Mônaco, Jorge viveu seu melhor momento na Europa (Foto: Divulgação | Mônaco)

Segunda maior venda da história do Flamengo, atrás apenas de Vinícius Júnior, Jorge foi se transferiu para o Mônaco por 8,5 milhões de euros (R4 28,8 milhões). O jogador foi contratado com status de craque, em junho de 2018, mas nunca empolgou.

Ele vem atuando pelo time B do Porto. O jogador não está à vontade em seguir na equipe alternativa. Mesmo assim, um acordo não está descartado para que o atleta deixe o clube português.

Para o segundo ciclo de Tite a frente da Seleção Brasileira, Jorge é candidato na briga por uma vaga na lateral-esquerda e segue no radar da CBF. No entanto, o atleta necessita correr contra o tempo para recuperar ritmo de jogo se quiser ser convocado para a Copa América.

Jorge chegou a fazer algumas partidas na atual temporada, mas logo foi colocado de lado pela comissão técnica. São apenas cinco jogos pelo Porto. O contrato acaba apenas em junho deste ano.

Flamengo escancara as portas para o retorno de Jorge