Abre o olho, Mengão!

Enquanto o técnico Abel Braga testa o elenco e faz um rodízio entre os jogadores, Fluminense e Vasco parecem querer encontrar logo um time titular. Não que o Flamengo não queira, mas lá há menos pressa e mais peças para encontrar as melhores soluções.

O clube se deu direito a esse luxo. Arrascaeta ou Diego, Vitinho ou Bruno Henrique, Gabigol ou Uribe. São boas dúvidas para Abelão, embora ele ainda tenha a dura missão de escolher entre Pará e Rodinei.

Como não possuem elencos à altura do rival milionário, o rápido entrosamento pode fazer a diferença para as duas equipes. Ali o tempo corre contra, é preciso buscar logo uma identidade.

Vasco navegando por águas tranquilas

O Vasco segue 100% no Cariocão e Alberto Valentim tem poucas dúvidas para montar a equipe. Marrony está encontrando seu espaço no ataque e se tornou uma excelente opção. Dor de cabeça boa para o técnico vascaíno, que já deve contar com Bruno César e Maxi López nas próximas partidas.

Apesar de possuir um elenco mais robusto, principalmente no ataque, o Flamengo não está soberano no campeonato. O abismo entre os outros não é tão grande como parecia. Ainda é cedo para avaliar e muita água ainda vai rolar, mas o time do Abelão ainda precisa mostrar a sua cara.

Tudo azul nas Laranjeiras

O Fluminense vestiu azul e venceu a Portuguesa por 3 a 1, chegando ao seu oitavo gol na competição. Uma marca interessante se lembramos o período de seca do ataque tricolor no último Brasileirão. O time tricolor começou o ano completamente desacreditado, mas aos poucos, começa a ganhar corpo e uma cara interessante.

O futuro parece ser menos sombrio do que estava sendo pintado. Precisa de mais alguns reforços, sem dúvida. É inquestionável que Fernando Diniz teria mais êxito na implantação do seu trabalho caso tivesse um elenco mais forte. No entanto, a equipe está entendendo o jogo proposto pelo treinador: movimentação, passes curtos, jogo em velocidade e ofensividade.

Tenho que dar o braço a torcer pelo menos nessas primeiras rodadas. O meia Daniel tem sido um jogador importante, dando assistências e aparecendo bastante para o jogo. Ainda acho que um meia com a experiência de um Ganso ajudaria ainda mais o moleque. Gonzalez é uma grata surpresa. Rápido, bom finalizador, já garantiu seu espaço no ataque e caiu nas graças da torcida. “Boi, boi, boi. Boi da cara preta, Yony Gonzalez é melhor que o Arrascaeta”, provocaram os tricolores. Com a volta de Pedro, Luciano deve deixar o time.

Alerta vermelho ligado no Botafogo

Tricolores e vascaínos respiram mais aliviados no início da temporada, a pressão está toda nas costas do Flamengo, ainda franco favorito ao título. Porém, conforme o tempo passa essa diferença pode diminuir se os rivais entrosarem, mas pode aumentar se não der liga, caso do Botafogo.

O glorioso começou muito mal o ano. Com um elenco fraco e sem nenhuma inspiração, Zé Ricardo terá que redobrar o trabalho para dar alguma cara ao time. Ainda é bastante cedo para cravar, mas o alvinegro terá um ano sem sossego. Aguardar os próximos capítulos. Você ainda acha que o Flamengo é o favorito ao título?

Bate uma bola lá comigo no meu twitter @alexaraujo_75 ou pelo Instagram: @alexandrearaujo75

PINCELADAS DO RURÚ

TÁ NA REDE! O humor no twitter dos clubes é a nova tendência. Os gerenciadores das contas dos pequenos não perdem a oportunidade e quando podem dão aquela gozada nos rivais.  Durante a partida deste domingo, vencida pelo Tricolor por 3 a 1, no Maracanã, a conta da Portuguesa tuitou sobre o calor que fazia no Rio de Janeiro: “Um sol para cada rebaixamento do Fluminense”. A conta tricolor não se deu ao trabalho de retrucar, a resposta veio em campo.

CHUTEIRA PRETA! Nem Gabigol, nem Arrascaeta, quem está com a bola cheia é o colombiano Yony Gonzalez. O atacante chegou ao Fluminense com certa desconfiança e sem festa da torcida, mas já garantiu seu espaço no time, aliando velocidade e precisão nos chutes. Bola dentro da péssima diretoria tricolor.

BOLA FORA! O Botafogo consegui a façanha de estar praticamente eliminado da Taça Guanabara com duas rodadas de antecipação. O time precisa vencer seus dois próximos jogos e torcer para outros resultados para se classificar. Quando você começar a fazer conta para garantir vaga em semifinal de turno é porque a coisa está preta. Kieza e Aguirre juntos fizeram apenas um golzinho em dez partidas. Uma lástima.

SEM ESPAÇO… Após três anos transmitindo o carnaval das escolas de samba do Rio e de São Paulo, a TV Brasil não fará a transmissão dos desfiles em 2019. O canal não passará o Grupo de Acesso de São Paulo, no domingo, nem o desfile das campeãs. Dizem que é corte de custos. Sofre o carnaval, lamentam os amantes da folia.

O Maraca é nosso? Mentira!