Caso Aguirre: Cevallos mentiroso, cínico e caráter duvidoso

José Francisco Cevallos, presidente do Barcelona de Guayaquil, deixou ainda pior a sua relação com a imprensa equatoriana com as suas declarações no site oficial do clube, evidentemente voltadas para tentar desmentir a entrevista concedida a mim sobre o interesse na contratação do atacante Rodrigo Aguirre, do Botafogo. Aliás, podemos esperar tudo do dirigente, inclusive absolutamente nada.

Exageradamente desesperado para contratar Rodrigo Aguirre, porque seu time precisa de reforços para esta temporada, deu detalhes ao Esporte 24 Horas, matéria publicada em 22 de janeiro, (Leia a entrevista clicando aqui) de como seria a operação para contratar o jogador uruguaio.

Cevallos agiu por impulso, quando é óbvio de que a negociação com o Botafogo ainda estava em uma fase embrionária. Além de uma certa afobação do dirigente, que poderia ter esperado um outro momento para falar sobre o assunto evitando um desgaste ainda maior depois que foi enquadrado pelos jornalistas equatorianos por ter falado primeiro com um veículo de comunicação brasileiro.

Melhor teria sido ficar calado porque sua entrevista, que teve grande repercussão, virou motivo de discussão no Equador e classificada como fake news aqui no Brasil.

Gostaria muito de entender porque Cevallos acovardou-se diante dos equatorianos. Isso só me leva a crer que ele é um sujeito mentiroso, cínico e de caráter duvidoso.

CURTINHAS:

Cevallos defende pênalti de Thiago Neves no Maracanã

Cevallos foi carrasco do Fluminense na final da Libertadores de 2008 (Foto: Divulgação | Conmebol)

RECORDAR É VIVER: Cevallos é ex-goleiro e se aposentou em 2011. Atuou pela Seleção Equatoriana entre 1994 e 2010. Foram 89 partidas e uma Copa do Mundo. Porém, o seu título mais importante foi à conquista da Copa Libertadores da América de 2008 com a LDU. Após fazer “cera” durante o tempo normal, ele pegou três pênaltis na final contra o Fluminense em pleno Maracanã.

PAVIO CURTO: Cevallos é conhecido pelo temperamento explosivo e as frases de efeito. De acordo com jornalistas equatorianos, é comum vê-lo perdendo a paciência e elevando o tom em entrevistas coletivas. O dirigente tem o hábito de ir a público desmentir e jogar a torcida contra jornalistas.

BRIGA COM A TV: Cevallos defende o boicote dos clubes que disputam o Campeonato Equatoriano. No ano passado, ameaçou desvincular o Barcelona de Guayaquil  da Liga de Futebol Profissional, porque a CNT, emissora detentora do torneio local transmite as partidas de graça e sem assinar contrato com os clube.

TAL PAI, TAL FILHO: “Panchito” Cevallos, filho do atual presidente do Barcelona de Guayaquil, é o atual camisa 10 do Lokeren, da Bélgica. O projeto de craque foi revelado pela LDU. Ele, inclusive, não deixou saudades quando defendeu a Juventus, da Itália. “Panchito” tem boas chances de defender o Equador na Copa América, que será realizada este ano no Brasil.

Para deixar transtornado o botafoguense…