Impasse trava negociação de lateral com o futebol espanhol

Allan Leibovici

, Vasco

Estava praticamente tudo certo para a ida do jovem lateral-direito Nathan para o Valencia, da Espanha. O Vasco havia sinalizado positivamente para a segunda oferta do clube espanhol, que ofereceu 1 milhão de euros por 50% dos direitos econômicos do atleta. Porém, uma proposta de estipular um valor fixo para adquirir o restante da porcentagem num futuro, não foi bem visto pelo clube carioca, que freou o negócio.

Enquanto aguarda o desfecho da negociação, Nathan segue concentrado com a equipe que enfrentará o Corinthians, nesta terça-feira, pelas semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Titular da equipe no começo da competição, o lateral foi colocado no banco de reservas com a justificativa de que estaria muito desgastado fisicamente. Mas, dentro do clube, a ideia é manter o jogador sem atuar na competição como titular até que este período de tratativas com o Valencia se encerre e ele volte seu foco para o clube.

Caso seja vendido, Nathan deixaria o Vasco apenas em 2020, quando estivesse já com 18 anos. Seu contrato com o clube vai até 2021 e sua multa rescisória para clubes nacionais é de R$ 6 milhões. Já para times do exterior, o valor vai para 30 milhões de euros, equivalente a R$ 128,7 milhões.

Confiança na vaga para a final

Nesta terça-feira (22), às 21h30, Vasco e Corinthians fazem uma das semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Marcos Valadares, técnico do time Sub-20 do Vasco, sabe não deve ter vida fácil na partida, uma vez que o Timão têm um dos melhores ataques da Copinha, com 27 gols marcados. Dessa forma, o atacante Fabrício Oya, com sete gols e maior aposta do time paulista para a partida desta noite.

Já o Vasco conquistou vaga na semifinal após se classificar em primeiro no Grupo 27 da Copinha. Após a fase de grupos, o time eliminou na sequência o Juventude, Manthiqueira-SP, Coritiba e o Volta Redonda. O goleiro Alexander, além dos atacantes Lucas Santos e Tiago Reis são os destaques do Cruz-Maltino no torneio.

O técnico Marcos Valadares fez questão de valorizar a qualidade do Corinthians. Afinal de contas, o adversário obteve uma vitória competente sobre o Grêmio nas quartas de final. Mas nas fases anteriores, o rival goleou o Porto-PE por 6 a 0, além do Visão Celeste-RN por 8 a 0. No entanto, o treinador demonstrou que acredita em mais um grande jogo do Vasco na Copinha.

“A expectativa é muito positiva. Os atletas estão muito confiantes, principalmente pelo contexto da Copa São Paulo, por tudo que foi construído dentro dos treinamentos antes mesmo da competição, no desenvolvimento da equipe, no bom desempenho na Copa RS e agora nesta competição. É um processo de crescimento do Sub-20, que chega confiante em fazer uma grande partida. Acredito que faremos uma grande partida e representar muito bem a camisa do Vasco, que tem uma camisa muito grande. Principalmente no processo de formação.”