Botafogo bate o América-MG e avança às oitavas da Copinha

Gustavo Cunha

, Botafogo

Botafogo e América Mineiro foram a campo na manhã deste domingo (13), no Estádio Municipal Professor Luís Augusto de Oliveira, em São Calos (SP), em busca de uma vaga nas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. E a equipe carioca levou a melhor no duelo. Com gol de Luis Henrique, aos 12 minutos do primeiro tempo, o Clube da Estrela Solitária garantiu a classificação. Agora, o Glorioso espera o vencedor do confronto entre Internacional e Guarani, para saber quem será o seu próximo adversário no principal torneio de base do Brasil.

O Botafogo contou com a seguinte escalação: Lucas; Elivelton, Glauber, Pimenta e Lucas Barros; Michel, Caio Alexandre (Sousa) e Pedro Paulo; Enio (Gabriel), Rhuan e Luis Henrique (Nicholas).

O jogo

No primeiro tempo do duelo, o América Mineiro foi melhor e dominou o Botafogo. Pedro, uma vez de pé esquerdo e outra de cabeça, levou perigo à meta alvinegra. No lance de cabeça, Roni ainda teve oportunidade de abrir o marcador no rebote, mas o zagueiro Glauber salvou.

O Glorioso voltou do intervalo com outra postura, se impondo em campo. Abriu o marcador aos 12 minutos em uma bela jogada. Caio Alexandre virou para Pimenta, se livrou da marcação com um belo drible e passou para Enio, que deixou Luis Henrique livre para estufar a rede adversária. O América-MG sentiu o gol e no restante do duelo o Botafogo dominou.

Redenção

Na partida contra o Cuiabá, pela segunda rodada da primeira fase, Luis Henrique ficou marcado pelo pontapé que deu no adversário após levar um bonito drible. Neste domingo, o atleta conseguiu dar a volta por cima e marcar o gol que garantiu o Botafogo nas oitavas de final da Copinha. Em entrevista ao canal SporTV após o duelo contra o América-MG, o atleta falou que espera continuar ajudando o Glorioso a chegar ao seu objetivo, que é a decisão da competição.

“Sensação muito boa, ainda mais depois do que aconteceu (expulsão contra o Cuiabá), poder ajudar minha equipe. Foi um jogo maravilhoso, onde todo mundo lutou muito. Eu me entreguei, não aguentei mais, saí. E quem entrou se entregou também. Espero continuar ajudando o Botafogo enquanto puder. Vamos pelo nosso objetivo, que é chegar na final”, concluiu.

 

SIGAM O NOSSO SETORISTA NO TWITTER: @GUSTAVOCUNHA87

Base alvinegra vai dar “salto de qualidade”, diz Gerente