Vasco tropeça na Copa São Paulo, mas segue líder

Allan Leibovici

, Vasco

Pela segunda rodada do grupo 27 da Copa São Paulo de Futebol, o Vasco tropeçou diante do Tubarão e empatou em 0 a 0. Mesmo com o resultado, a equipe cruzmaltina se manteve na liderança e só depende de si na última rodada para conquistar a classificação.

Apesar de ter tido muito mais posse de bola e criado algumas oportunidades, o Vasco não conseguiu convertê-las em gol e acabou zerado no placar. Muito disso se eve ao foto de o goleiro Thiago, do Tubarão, ter tido uma excelente atuação. Caso vencesse, o clube carioca se classificaria, mas acabou adiando a provável vaga para a última e decisiva rodada.

O clube carioca está com quatro pontos e três gols de saldo, mesma pontuação do Taubaté, sede do grupo, que possui dois gols a menos no critério de desempate.

Na próxima rodada, que será disputada nesta quarta-feira, os confrontos são diretos no topo e na base da tabela. O Vasco enfrenta o Taubaté e o Tubarão joga contra o Carajá.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 0 TUBARÃO

Data: 05/01/2019 (Sábado)

Local: Estádio Joaquinzão, em Taubaté (SP)
Cartão Amarelo: Caio Lopes (VAS) e Luciano (TUB)

Vasco
Alexander; Nathan, Ulisses, Miranda, Coutinho; Bruno, Caio Lopes (Werick), João Pedro, Lucas Santos (Vinicius), Tiago Reis (Laranjeira) e Talles (Riquelme)
Técnico: Marcos Valadares

Tubarão
Thiago; Bartell, Clebson, Vinicius Kuerten, Jean (Edson); Gaúcho, Kelvyn, Diordi (Vargas), Vini; Roberto (Anderson), Luciano (Izidorio)
Técnico: Roberto de Almeida

Lateral vascaíno na mira da Europa

Pela segunda vez, o Valencia, tradicional time espanhol, deve fazer uma oferta por um prata da casa do Vasco. O lateral-direito Nathan, de apenas 17 anos, voltou ao radar do time europeu. Titular do time sub-20 e disputando a Copa São Paulo de Futebol Júnior, o jogador só poderia se transferir após completar 18 anos, o que acontecerá apenas em setembro.

A primeira proposta, de 800 mil euros (cerca de R$ 3,3 milhões) foi recusada pelo cruzmaltino. Um dos representantes do jogador, inclusive, está na Espanha tratando do assunto. A ideia do clube espanhol é de contar com o atleta a partir de 2020. Dessa forma, o jogador teria apenas esta temporada para atuar pelo Vasco.

Nathan tem contrato com o Vasco até junho de 2021 e sua multa rescisória para clubes do exterior é de 30 milhões de euros (cerca de R$ 124 milhões). Para times do Brasil, o valor é consideravelmente mais baixo, chegando a R$ 6 milhões (1,4 milhões de euros).

Marcos Valadares garante Vasco forte na Copinha