Vasco sonda sul-americanos para reforçar equipe

Paulo Chagas

, Vasco

O Vasco já se movimenta no mercado para buscar opções. E os olhos da diretoria estão voltados para a América do Sul. De acordo com Joel Silva, repórter do Esporte 24 horas, o lateral esquerdo Martin Rivas, do Liverpool-URU, e o meia Maurice Cova, do Carabobo-VEM, foram oferecidos ao Gigante da Colina. Os dois têm 26 anos e chegariam para funções distintas no elenco do Vasco.

Uruguaio chama a atenção por força defensiva

Martin Rivas em ação pelo Liverpool

Martin Rivas chama a atenção por força defensiva (Foto: Reprodução | Liverpool)

Revelado pelo Montevideo Wandereres, o uruguaio Martin Rivas está no Liverpool há duas temporadas. Mas só em 2018 que engatou uma sequência de jogos. Afinal, o defensor jogou 27 dos 37 jogos da equipe uruguaia na temporada. Lateral de características defensivas, Rivas também pode jogar como zagueiro.

Apesar de ter apenas 1,79, Martin Rivas chama a atenção pela potência física, senso de posicionamento e capacidade de recuperação. Mesmo que seja um lateral mais defensivo, o uruguaio se vale da força e da velocidade para chegar ao ataque. O defensor foi titular durante boa parte da temporada. Entretanto, foi liberado pelo Liverpool para negociar com qualquer equipe no mercado e o Vasco pode ser o destino do uruguaio.

Venezuelano é destaque

Mauricie Cova em ação pelo Carabobo

Maurice Cova foi o vice-artilheiro do Carabobo no ano (Foto: Reprodução | Carabobo)

Se o ponto forte de Rivas é a potência, Maurice Cova chama a atenção pela qualidade. Segundo volante de origem, o meia também pode atuar mais avançado, como um Camisa 10. Jogador de muita qualidade no passe, o venezuelano viveu o melhor ano da carreira em 2018. Afinal, marcou 11 gols em 38 jogos e foi o vice-artilheiro da equipe no ano, jogando como segundo homem de meio campo.

A fase artilheira se deve também à capacidade de Cova de entrar na área adversária. Dono de uma boa leitura de jogo, o volante consegue se posicionar quase sempre em condições de finalizar as jogadas. Além disso, o venezuelano é dono de um pé direito extremamente qualificado. Dos 11 gols marcados no ano, três foram de falta. O meia também chama atenção pelos lançamentos e pela capacidade de movimentação para armar jogadas. O bom rendimento vem garantindo a presença do meia nas últimas convocações da Venezuela.

Vai lembrar que Cova pode não ser o único meio campista a ser contratado pelo Vasco, neste mês. O Gigante da Colina vem conversando com Bruno César, ex-Corinthians e Palmeiras. O jogador, aliás, já estaria apalavrado com a equipe cruzmaltina, bastando apenas o acerto com o Sporting-POR, atual equipe dele. A expectativa é de que a negociação tenha um final feliz ainda nesta semana.

Alexandre Faria confirma permanência de Alberto Valentim