Botafogo recusa proposta de clube da Série A por Igor Rabello

Após sondagens de Genoa (ITA), Spartak Moscou (RUS), Basel (SUI), Palmeiras, Flamengo, um clube da Arábia Saudita e outro de Portugal, não revelados, e propostas do Lokomotiv, da Rússia, e Akhmat Grozny, da Chechênia, ambas de € 6 milhões (cerca de R$ 26 milhões à época), aceitas pelo Botafogo, mas recusadas pelo jogador, o Atlético-MG é mais uma equipe a se interessar pelo jogador. Na última segunda-feira, o Galo fez uma proposta de R$ 12 milhões por 70% dos direitos econômicos do zagueiro, negada pelo Glorioso. O defensor chegaria para o lugar de Iago Maidana, que pode deixar o clube de Minas Gerais. Os mineiros teriam Rodrigo Caio, do São Paulo, como plano B.

Igor Rabello tem contrato com o Botafogo até o fim de 2021. A multa rescisória para o mercado nacional é de R$ 40 milhões. O Alvinegro Carioca tem 60% dos direitos econômicos do zagueiro.

Empresário

Recentemente, em entrevista ao site Globoesporte.com, o empresário do jogador, Anselmo Paiva, afirmou que o atleta precisa mudar de ares. A ideia, a princípio, era que o jogador fosse para um clube de médio porte dos principais centros da Europa.

“Ele precisa mudar de ares. Na fase dele dentro do Botafogo, conquistou tudo o que poderia dentro do clube. Teve um aprendizado fantástico desde que voltou ao Botafogo nesses dois últimos anos. Precisa de novos desafios, tanto para resolver alguns problemas financeiros do clube quanto em relação à questão pessoal. Todo o nosso trabalho foi focado em clubes do meio para cima de Itália, Espanha, França, Alemanha e Portugal. A própria Suíça, com o interesse do Basel e tivemos o principal “scout” do Borussia aqui. Tudo que tinha ser feito para os principais mercados, nós mandamos”, declarou na ocasião.

Igor Rabello foi promovido ao time profissional do Botafogo em 2015. Antes de se firmar como titular no Glorioso, teve uma passagem pelo Náutico, por empréstimo, em 2016. Em 2017 e 2018, o jogador se tornou peça fundamental na equipe carioca. Pelo Alvinegro, acumula 110 partidas e sete gols.

Empresário admite saída de zagueiro do Botafogo