Raio-X: Tudo o que você precisa saber sobre River Plate x Boca Juniors

Um jogo histórico! River Plate e Boca Juniors fazem, neste sábado, às 18h (horário de Brasília), a grande final da Taça Libertadores da América. Pela primeira vez, duas equipes argentinas vão decidir o título. No jogo de ida, empate em 2 a 2 na Bombonera.

Na final da Libertadores não existe o gol qualificado. Portanto, qualquer empate leva o jogo para a prorrogação. Ao persistir o resultado igual, a decisão irá para os pênaltis.

O River Plate, que fez melhor campanha que o rival na fase de grupos, vai decidir em casa. Mais de 66 mil torcedores vão lotar o Monumental de Nuñez e fazer uma grande festa.

A equipe da casa vai em busca do seu quarto título da Libertadores. Já o Boca, procura chegar ao sétimo e igualar o Independiente como o maior campeão da competição.

Desfalques no River

Borré, importante jogador do River, vai desfalcar a equipe  (Foto: Divulgação | Conmebol)

O técnico Marcelo Gallardo não vai poder contar com dois importantes jogadores de ataque. Scocco, com uma lesão no joelho, foi vetado para a partida, enquanto Borré, suspenso, também fica de fora.

Pavón é dúvida no Boca

Tévez pode começar jogando o clássico (Foto: Divulgação | Conmebol)

Após se machucar no jogo de ida, o atacante Pavón, que disputou a Copa da Rússia pela seleção argentina, deve ser relacionado para a partida, mas não vai iniciar o jogo. Inclusive, sequer deve entrar. A torcida clama por Carlitos Tévez, que pode pintar como titular.

RIVER PLATE X BOCA JUNIORS

Data e hora: 24/11/2018 (sábado), às 18h (Brasília)

Local: Monumental de Nuñez (Buenos Aires, Argentina)

Árbitro: Andrés Cunha (URU)

Auxiliares: Nicolas Taran e Mauricio Espinoza (URU)

VAR: Leodán Gonzalez, Esteban Ostojich e Richard Trinidad (URU)

RIVER PLATE: Armani; Montiel, Maidana, Pinola, Casco; Ponzio, Enzo Peres, Nacho Fernández e Pity Martínez; Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo.

Desfalques: Scocco (lesão no joelho) e Borré (suspenso)

BOCA JUNIORS: Andrada (Rossi); Jara (Buffarini), Magallán, Izquierdoz e Olaza; Pérez, Barrios e Nandéz; Benedetto, Villa e Ábila (Tévez) Técnico: Guillermo Schelotto

Desfalques: Pavón (lesão na coxa)

Transmissão: River Plate x Boca Junior tem transmissão da Rede Mais Esportes. A narração é de Breno Monsef e os comentários de Antônio Júnior.

Opinião do especialista:

Paulo Chagas (Repórter | Esporte 24 Horas): O primeiro jogo da decisão da Libertadores teve toda emoção que um “Superclássico” merece ter. Mas também expôs algumas deficiências: a defesa do River Plate voltou a dar sinais de instabilidade, como nos jogos contra o Grêmio. Já o Boca Juniors demonstrou uma certa dificuldade para criar chances, mesmo dentro de casa. Com o empate no jogo de ida, eu espero uma decisão ainda mais brigada e disputada no Monumental de Nuñez. Acredito que o grande diferencial seja a torcida do River. Como a partida será com torcida única, assim como na Bombonera, acredito que o apoio da “hincha millonaria” pode fazer a diferença e dar um sutil favoritismo ao River Plate. Mas clássico é clássico e tudo pode acontecer. Principalmente, no maior derby do mundo.

Boca e River empatam na Bombonera